Terça, 23 de Julho de 2024
49 99111-4949
Cultura Cultura

Fundação Catarinense de Cultura oferece Oficina de Conservação Preventiva de Acervos em Xanxerê

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio da Coordenação do Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina (SEM) e do Ateliê de Conservação e...

24/06/2024 14h45
Por: Redação VejaSC Fonte: Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio da Coordenação do Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina (SEM) e do Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor) da Diretoria de Patrimônio Cultural, em parceria com o Museu do Milho Antônio Sirena, com o apoio da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI), realiza a Oficina de Conservação Preventiva de Acervos do Programa de Capacitação Museológica na cidade de Xanxerê. A capacitação será ministrada presencialmente nos dias 9 e 10 de julho, das 8h às 12h e das 13h às 17h30; e no dia 11 de julho, das 8h às 12h.

::  Inscrições gratuitas e abertas clicando aqui  

Serão oferecidas 20 vagas para profissionais de museus das sete regiões museológicas do Estado, preferencialmente de profissionais das instituições que possuem vínculo com o SEM/SC, além de estudantes e pesquisadores. A oficina terá carga horária total de 20 horas. 

O objetivo da iniciativa é subsidiar e orientar os profissionais de museus sobre Conservação Preventiva de Acervos. A oficina será ministrada pelo conservador/restaurador Marcelo do Amaral, do Atecor, pelo químico Thiago Guimarães Costa, também do Atecor, e pelo Museólogo e Coordenador do SEM/SC, Renilton Assis.

O que é o Programa de Capacitação Museológica?

O Programa deriva das oficinas oferecidas pelo SEM/SC ao longo de suas três décadas de atuação, reformulado em 2011, prevendo na época sete temas e cronograma relacionados com os eixos programáticos da Política Estadual de Museus. O programa é um importante componente da Política Estadual de Museus, no eixo Formação e Capacitação, esteve em funcionamento neste formato até 2014, oferecendo capacitação aos profissionais, estudantes e pesquisadores do campo de museus de Santa Catarina em suas sete Regiões Museológicas. Foi retomado em 2018, em parceria com o Ibram, na ocasião, com duas oficinas de Plano Museológico. 

Conservação Preventiva de Acervos

Ementa: Museus e a preservação, Legislação Museológica (Lei 11.904/09 e Decreto 8.124/13), Política de Aquisição e Descartes de Acervos, Causas da degradação física, química, biológica e humana dos acervos. Controle ambiental em espaços museológicos. Manuseio e acondicionamento do acervo. Mobiliário adequado, iluminação e higienização dos ambientes. Registro e controle dos acervos museológicos.

Ministrantes

Marcelo do Amaral – Graduado em Licenciatura em Educação Artística habilitação em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2001). Professor de Artes Visuais e História da Arte no Ensino Médio e Fundamental em Instituições Públicas e Privadas da Grande Florianópolis. Analista Cultural, cargo público efetivo, exercendo a função de conservador-restaurador no Ateliê de Conservação-Restauração de Bens Culturais (Atecor) da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) desde 2012. Ministrante do Estágio Supervisionado em Conservação de Bens Móveis (2015 -2017) na Fundação Catarinense de Cultura (FCC). 

Thiago Guimarães Costa – Doutor em Química Inorgânica pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Mestre em Química Inorgânica pela mesma instituição. Durante seu mestrado realizou mobilidade
acadêmica na Faculdade de Química e Bioquímica da Universidade de Lisboa – Portugal sob orientação da Dra. Maria Madalena Hummanes. Possui graduação em Química – Bacharelado e Licenciatura – UFSC. No ano de 2019 realizou pós-doutorado na área de química de materiais aplicada ao patrimônio cultural visando à conservação, segurança e salvaguarda de bens culturais. É bacharel em Administração Pública pela Escola Superior de Administração e Gerência da Universidade do Estado de Santa Catarina – ESAG/UDESC. É o criador e responsável do Laboratório de Materiais do Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis – Atecor, pioneiro no Estado e sediado na Fundação Catarinense de Cultura – Florianópolis / SC, atuando na área interdisciplinar de química aplicada ao patrimônio cultural, onde realiza análise de materiais constitutivos de bens culturais e pesquisa de novos materiais que possam ser aplicados na conservação e restauro de obras de arte. Entre 2013-2018 foi o coordenador técnico do ATECOR. É conselheiro no Conselho Estadual de Cultura de Santa Catarina, gestão 2017/2019-2019-2021. É vice-presidente da Associação Catarinense de Conservadores-Restauradores de Bens Culturais – ACCR, gestão 2020-2023. Revisor de revistas científicas nacionais e internacionais na área de química, ciência da conservação e patrimônio cultural. Tem experiência e realiza sua pesquisa na área de química inorgânica, visando a caracterização de materiais, comportamento eletroquímico, espectroscopia e suas aplicações na área de patrimônio cultural.

Renilton Roberto da Silva Matos de Assis – Mestre em Patrimônio Cultural e Sociedade pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE), em 2015. Possui graduação em Museologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 2007, e em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2018. É servidor público da Fundação Catarinense de Cultura, no cargo de museólogo, exercendo atualmente a função de coordenador do Sistema Estadual de Museus. Trabalha principalmente os seguintes temas: exposição, documentação, conservação preventiva e planejamento museológico. Coordenou o 1º Plano Museológico do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), 2012-2013, e o 1º Plano Museológico do Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC), 2014-2015. Presidiu o 5º Fórum Catarinense de Museus, em 2019, e participou da
sua organização.

Serviço:
O quê: Oficina de Conservação Preventiva de Acervos – Programa de Capacitação Museológica do SEM/SC
Quando: 9 e 10 de julho de 2024, das 8h às 12h e das 13h às 17h30 – Local: AMAI (Associação dos Municípios do Alto Irani) – Rua  Mal. Floriano Peixoto n°100, Centro – Xanxerê – SC).
No dia 11 de julho de 2024, das 8h às 11h –  Local: Museu do Milho Antônio Sirena (Linha Três Pontes, s/nº  – BR-282, Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi – Xanxerê – SC).
Para se inscrever:  https://forms.gle/6U4qpuwzmd8miuEe7
Mais informações pelo e-mail:  [email protected]

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Quilombo, SC
Atualizado às 16h05
27°
Tempo nublado

Mín. Máx. 23°

29° Sensação
0.81 km/h Vento
68% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/07)

Mín. 10° Máx. 23°

Tempo nublado
Amanhã (25/07)

Mín. 12° Máx. 25°

Tempo limpo
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias